Recuperamos Vidas, desde 1881.
Instituição Particular de Solidariedade Social Sem Fins Lucrativos  /  Instituição de Utilidade Pública.        Visite-nos no facebook
“... quem nos bate à porta, perdido, abandonado, doente, em auto destruição, excluído, siga o caminho natural do ser humano: se realize, seja parte do todo que é a sociedade...”
Paradigma de Acção

A Associação dos Albergues Nocturnos do Porto encara a problemática relativa à pessoa Sem-Abrigo como um fenómeno multifactorial muito complexo que só pode ser abordado numa perspectiva biopsicossocial, assente em argumentos técnicos resultantes da investigação e actualização científica, que permita ir para além do paradigma “assistencialista” que tem acompanhado historicamente as intervenções com as pessoas em situação de Sem-Abrigo.

Assim, entende-se antes de mais que quaisquer intervenções devem ter por base o conhecimento profundo das reais características - necessidades, limitações e potencialidades - dos sujeitos da intervenção.

Desta forma, percebe-se por intermédio da caracterização biopsicossocial das pessoas que recorrem aos serviços da Associação dos Albergues Nocturnos do Porto que para além da heterogeneidade sociodemográfica existe também a prevalência de múltiplas carências quer ao nível das necessidades básicas de sobrevivência como alimentação, alojamento, vestuário e higiene quer ao nível da saúde física e mental que acabam por ter reflexos muito significativos em termos das competências pessoais, relacionais, sociais e profissionais.

Face a este panorama, que salienta nitidamente a dificuldade e o elevado grau de complexidade e emergência inerentes a esta situação, com tendência a agravarem-se com o tempo passado na condição de Sem-Abrigo, exige-se uma intervenção biopsicossocial atempada, personalizada, cuidada e ponderada que de forma integrada complemente uma intervenção de emergência social, no sentido de satisfazer as necessidades básicas de sobrevivência, com uma intervenção de reinserção, que visa promover a autonomia individual e a inclusão social.

Efectivamente, se é inegável que a prestação de apoios de emergência social assumem elevada importância para as pessoas com tantas e tão graves carências em termos de necessidades básicas, também é certo que quando prestados de forma isolada, destituídos do desígnio de reinserção, estes apoios produzem geralmente efeitos nefastos de acomodação aos serviços institucionais.

A complementaridade entre medidas de emergência social e medidas que favoreçam a reinserção profissional e/ou sócio-familiar apresenta-se à luz dos conhecimentos científicos actuais como a via mais indicada para, por um lado promover a autonomia individual e integração social e, por outro evitar a acomodação institucional e consequente perpetuação da dependência institucional das pessoas mais vulneráveis.

Nesta perspectiva, procura-se que a AANP se constitua como uma estrutura de cuidados abrangentes, integrados e coordenados, que não se limite a prestar apoio pontual de emergência às necessidades básicas, mas que procure oferecer um enquadramento técnico estável, seguro e personalizado que possa constituir uma alternativa à transitoriedade e impermanência no futuro das pessoas Sem-Abrigo.

Por isso, todo o trabalho desenvolvido na AANP, enquadra-se num espírito de permanente actualização científica com vista a contribuir para uma maior adaptabilidade, plasticidade e flexibilidade dos procedimentos da Instituição por forma a responder às reais necessidades, limitações e potencialidades das pessoas que recorrem aos seus serviços.


Registe-se na Newsletter

Erro! Por favor corriga os campos marcados. A sua subscrição foi enviada com sucesso! A enviar...
Contactos
Nome: Associação dos Albergues Nocturnos do Porto
Morada: Rua Mártires da Liberdade, 237
C.Postal: 4050-363, Porto
Email: geral@alberguesporto.com
Telefone: 222 083 572 / 222 001 704
Fax: 222 001 704
Facebook: Albergues no Facebook
Galeria de Fotos
Brevemente disponível
Desde 1881 - Associação Albergues Nocturnos do Porto Site produzido por:ValorVisual,Lda. - Multimedia for you